Por que, afinal, as pessoas estão tão preocupadas com os seios da Bruna Marquezine?

Sábado de Carnaval. Ruas tomadas por glitter de unicórnios e sereias que deixaram os bloquinhos ainda mais coloridos. Brilho, suor e cerveja. E até uma pitada de “tô nem aí”. Pode até ser impressão minha, mas as pessoas parecem estar curtindo demais a farra neste Carnaval, sem pensar tanto “no que os outros vão pensar”, sabe? Vi tantas gurias lindas e faceiras pulando por aí de maiô e tênis – algo que, vamos combinar, parecia praticamente impossível para reles mortais há alguns anos. Menos preocupação com parecer gostosa, mais preocupação com aproveitar ao máximo os dias de folia.

E é justamente nesse cenário – cuja preocupação máxima é o preço de latão de ceva – que surge a polêmica mais contraditória deste Carnaval. Enquanto o Brasil se divide entre os bloquinhos da folia, da praia e da Netflix, apareceu gente discutindo sobre os peitos da Bruna Marquezine. Pois é. Tudo começou no fatídico sábado, quando a atriz de 22 anos desfilou como musa do Bloco da Favorita, no Rio. Você talvez tenha visto a fantasia de Bruna no Instagram: uma hotpant com brilhos mil e um sutiã carregado de pedrarias. Ela até brincou que a fantasia não seguia um tema específico: “Estou fantasiada de Carnaval. Não precisa de tema para sair no Carnaval. Quero me divertir. Quero dançar”, disse, em entrevista à Folha de SP. Mas enquanto Bruna só estava preocupada em se acabar sambando, uma onde de comentários sobre os peitos da moçoila ganhou as redes sociais. O teor? Muitos afirmavam que ela teria “peitos caídos”. Não vou me dar ao trabalho de reproduzir aqui, mas, em se tratando de redes sociais e as pessoas falando o que vem à cabeça, sem levar em conta que tem um ser humaninho ali, do outro lado, lendo tudo, vocês imaginam o teor.


Dá para acreditar? 2018, mores, e o povo ainda metendo o bedelho no corpo alheio? Pois é. Mas o que mais me choca nem são os comentários podres, porque a gente bem sabe que há quem distorça o real significado de liberdade de expressão. O problema é pensar que uma menina como Bruna, de 22 anos, magra e famosa, é alvo de tanta pressão estética. Se ela, que é conhecida como uma das mulheres mais bonitas do Brasil – e, vamos combinar, até onde eu sei tem uma beleza super padrão – é alvo de comentários desse tipo, o que sobra para nós, mortais? Nem alguém que é ícone de beleza nacional está alheia ao escárnio de quem (ainda) cobra estar dentro dos padrões.

E que padrão tão absurdo é esse? Bem, de gente que talvez nunca tenha visto um peito natural na vida depois que foi amamentado pela mãe, né? De quem acredita que peitos belos mesmo são aqueles fartos e empinados. Com mamilos que poderiam funcionar como uma bússola, sempre apontando para o norte. Seu peito não é redondinho? Olha, querida, a (única) solução para sua vida é se render ao bisturi e inflar seus seios com muitos mLs de silicone (ironia mode on).

Aqui no Um Plus A Mais
:: Beleza em dose dupla! Ashley Graham posa para campanha de biquíni ao lado da mãe
:: Alalaô! Uma seleção de peças plus size para montar seu look de Carnaval – e arrasar nos bloquinhos
:: As melhores marcas plus size de moda praia para encontrar o biquíni do seu verão
:: Barriga, celulite e estrias sem filtro: youtuber mostra seu corpo como é para inspirar outras mulheres
:: #GordofobiaNãoÉPiada: a hashtag que traz os relatos de luta e amor próprio mais lindos do Instagram
:: A gorda e a magra! Modelo plus size reproduz foto da top Gigi Hadid – e arrasa!
:: Magra de Taubaté: Por que a lipo da Boca Rosa pode gerar tantas neuras com o corpo

Não é doido demais? Parece que a grande descoberta desse Carnaval é como são os peitos naturais. Estamos tão acostumados com os seios siliconados e o Photoshop dos anúncios de lingerie que muita gente nem lembra mais como são peitos de verdade. Parece que esquecemos que, mesmo quando os seios são de tamanho médio, como os de Bruna, existe uma coisinha chamada gravidade que faz com que eles não fiquem estáticos e empinados o tempo todo. E, pasmem: peitos naturais se mexem também, sabia? Mais uma curiosidade: seios podem ter formatos diferentes. Tão diversos quanto o número de mulheres que habitam o planeta. Aliás, sabia que os peitos (naturais) de uma mesma mulher podem ter tamanhos levemente diferentes entre si? Trago verdades, eu sei.

Se uma mulher como Bruna é alvo de comentários desse tipo, fico me perguntando o que sobra para alguém como eu, que tem celulite, estria, braço roliço e veste tamanho 50. Deveria me esconder nas cavernas para não machucar os olhos de quem aguenta ver nem um peito (supostamente) caído? Episódios como este só reforçam o quanto a pressão estética ainda atinge as mulheres. Faz com que a régua aumente cada vez mais – não basta ser magra, linda e famosa, seus peitos precisam ser perfeitos. Me pergunto: e o que sobra para quem está fora dessa bolha, sabe?

Mas sabe qual a melhor parte dessa treta toda? Enquanto o povo respingava veneno por aqui, Bruna voava para Paris, para aproveitar o restinho do Carnaval ao lado de Neymar. Vamos falar sobre dar as costas para bobagem? Como diria Jair Rodrigues, deixa que digam, que pensem, que falem.

 

O que a Bru deve estar pensando de tudo isso? 

IDGAF

Uma publicação compartilhada por Bruna Marquezine ♡ (@brumarquezine) em

 

Leia também
:: Nude inspirador – e de luxo! Top plus size gaúcha posa para fotógrafo J.R. Duran

:: Estas fotos mostram (mais uma vez) que mulheres gordas podem ficar incríveis em vestidos de festa
:: Alexandre Herchcovitch fala sobre coleção para plus size: “Elas querem roupa justa e tendência, só que em tamanho maior”
:: Semana de moda de NY apresenta desfile com modelos plus size; inspire-se nas tendências
:: 5 razões para assistir “Gostosas, Lindas e Sexies”, longa que estreia com quatro protagonistas plus size
:: Look de Fabiana Karla no Emmy Internacional quebra mitos sobre moda plus size
:: Modelos plus size desfilam na SPFW e comemoram: “As pessoas precisam saber que o gordo existe”
:: Por que essa foto de Ashley Graham andando de bike é tão inspiradora – para gordinhas ou não

 

Plus a Mais também no Face!

O blog ganhou sua própria página no Facebook. Clica aqui para conhecer (e dar aquele like amigo! haha)

pluscardnovo