Oi? Depois de dizer que Adele é “gorda demais”, Karl Lagerfeld anuncia coleção plus size

Quem tem muita gente surfando na onda do body positive, nós já nos demos conta. Há marcas que genuinamente se atentaram à necessidade de ser mais plurais, mas há outras que, francamente, sabemos que é apenas por estratégia e pressão do público – e, claro, por grana.

Não tenho nem um pingo de pudor de dizer que o segundo cenário tem tudo a ver com a novidade da vez no mundo da moda. Karl Lagerfeld, diretor criativo da Chanel desde 1983 e da sua etiqueta própria há 44 anos, resolveu finalmente criar uma coleção para as mulheres gordas. Pois é.

Trata-se de uma parceria com o serviço de styling pessoal online Stitch Fix. A linha começa com 15 peças pensadas para mulheres mais clássicas, incluindo os tradicionais blazers de tweed da maison francesa, tudo com preços entre 39 e 148 dólares. Ainda estão programados lançamentos para os próximos meses.

Veja um pouquinho da coleção

Aqui no Um Plus a Mais
:: Blogueira plus size recria looks incríveis de Meghan Markle – com direito a Príncipe Harry
:: Com direito a desfile com influencers plus size, Malhação: Vidas Brasileiras faz bonito ao trazer a história de personagens gordas

:: E a diversidade de corpos? NENHUMA modelo gorda cruzou a passarela da SPFW
:: Nenhuma marca brasileira quis criar um vestido de gala para Fluvia Lacerda, modelo plus mais famosa do Brasil
:: Eu, gorda: conheça o projeto (incrível!) que retrata a beleza da mulher gorda através da fotografia
:: 10 peças com estampa xadrez em tamanho plus size para embarcar na tendência do inverno

Parece legal? Olha, em um primeiro momento até sim. Finalmente, um grande nome da Alta Costura está interessado em criar para a mulher gorda. Mas, aqui, o buraco é bem mais embaixo.

Estamos falando de Karl Lagerfeld, que também é um dos nomes mais controversos da moda. Especialmente no que diz respeito ao público plus size, a primeira coisa que lembrei ao ver a notícia foi da infeliz colocação do estilista sobre o corpo da cantora Adele – que dispensa comentários, não é? Para refrescar a memória: em 2012, ele foi convidado a eleger sua cantora favorita pelo jornal Metro de Paris. Na entrevista, disse que não “via graça” em Lana Del Rey, e complementou:

“Eu prefiro Adele ou Florence Welch (do Florence and the Machine). Como uma cantora moderna, Lana não é nada má. Mas a cantora do momento é Adele. Embora ela seja um pouco gorda demais, tem um rosto lindo e uma voz divina”, declarou.

giphy (2)

Não vou nem me ater à necessidade (que não existe) dele falar sobre o corpo de Adele quando o assunto era música. E nem que o próprio Karl já foi gordo também – em 2001, ele perdeu mais de 40 quilos. Até poderia lembrar que o Kaiser da moda, anos antes, havia dito que só as “mamães gordas” é que davam atenção à magreza das modelos. Mas não.

Vou apenas falar que essa tal coleção plus size assinada por Karl Lagerfeld não passa de oportunismo barato. Me parece que ele recebeu uma proposta financeira provavelmente bem gorda (sim, GORDA, a gente não tem pudor da palavra não, Karl!) e resolveu entrar na modinha. Agora que o papo envolve grana não somos gordas demais, né?

Me dá muita pena ver uma grife de prestígio criada por uma mulher transgressora como Coco Chanel estar nas mãos de um cara tão preconceituoso. Um criativo de mão cheia, que teve inúmeros méritos? Claro, não discordo. Mas a gente sabe que, hoje, em 2018, não basta ser um gênio se você é babaca. Sinceramente, não sei se as gordas que você tanto menosprezou vão comprar assim tão fácil suas ideias, Karl. Que sirva de exemplo.

giphy

 

 

Veja também
:: É diversidade que fala? Campanha de cuecas foge dos estereótipos de “machão” e “gostosão”
:: Por que Ashley Graham não considera “mulher real” um elogio

:: Gordas na telinha: Um Plus a Mais ganha programa semanal ao vivo
:: Por que, afinal, as pessoas estão tão preocupadas com os seios da Bruna Marquezine?
:: Beleza em dose dupla! Ashley Graham posa para campanha de biquíni ao lado da mãe
:: Barriga, celulite e estrias sem filtro: youtuber mostra seu corpo como é para inspirar outras mulheres

 

Plus a Mais também no Face!

O blog ganhou sua própria página no Facebook. Clica aqui para conhecer (e dar aquele like amigo! haha)

pluscardnovo