Absurdo! App para emagrecer fotos manipula imagem de Tess Holliday, que se manifesta: “Achar que é OK vender isso é chocante”

Não é novidade para ninguém que muita gente usa aplicativos – ou Photoshop! – para parecer mais magra em fotos nas redes sociais, né? Afinam rosto, diminuem o nariz, alongam o próprio corpo em níveis que, muitas vezes, fica evidente e até tosco quando você olha com atenção: a paisagem de fundo “torta” pela manipulação digital, muitas vezes, não deixa a mentira vingar. E por que, hein? Distúrbios de autoimagem, não há dúvidas. Pressão estética, essa antiga conhecida nossa. Vai além.

Motivos que culminam na tentativa de seguir os velhos padrões de beleza não faltam, e não estou aqui para julgar, mesmo. Se alguém está feliz parecendo mais magra no Instagram – ainda que quem a vê na vida real saiba que aquele corpo é irreal -, o problema só pertence a essa pessoa. Mas o que não dá para tolerar é usar a imagem de uma mulher gorda e bem-resolvida como “exemplo” de antes e depois nesse tipo de aplicativo. E foi exatamente o que rolou com Tess Holliday, uma das modelos plus size mais famosas do mundo.

Tess, maravilhosa & plena!

Em seu perfil no Instagram, a top de 32 anos denunciou o app Pip Camera, que usou sua imagem sem autorização para mostrar os “efeitos” do programa de edição de imagens. Irritada – com toda a razão, Tess ameaçou processar os proprietários do negócio. Além das fotos de Tess, o Pip Camera ainda mostra o “antes e depois” de outras duas modelos plus size – e não dá para duvidar que tenham sido usadas também sem autorização. Afinal, se faltou noção e bom senso para colocar a imagem de uma das modelos gordas mais conhecidas, né?

“O fato de alguém achar que é OK vender isso para uma pessoa é chocante. Em um mundo de conteúdos pagos e reguladores de alimentos, é importante para mim dizer a todos que jamais serei parceira de uma marca ou estrelar qualquer conteúdo pago a menos que eu realmente fosse recomendá-la para a minha melhor amiga. (…) Eu já recebi ofertas de muito dinheiro para vender todo tipo de coisa, de clareadores dentais que não funcionam a emagrecedores perigoso, mas cabe a mim encontrar quem quero anunciar”, garante Tess. E, acompanhando a modelo, para lá de engajada, a gente bem sabe que é verdade.

Aqui no Um Plus a Mais
:: Depois de dizer que Adele é “gorda demais”, Karl Lagerfeld anuncia coleção plus size
:: Blogueira plus size recria looks incríveis de Meghan Markle – com direito a Príncipe Harry
:: Malhação: Vidas Brasileiras faz bonito ao trazer a história de personagens gordas

:: E a diversidade de corpos? NENHUMA modelo gorda cruzou a passarela da SPFW
:: Nenhuma marca brasileira quis criar um vestido de gala para Fluvia Lacerda
:: Eu, gorda: conheça o projeto (incrível!) que retrata a beleza da mulher gorda através da fotografia
:: 10 peças com estampa xadrez em tamanho plus size para embarcar na tendência do inverno

Além do esclarecimento, Tess ainda fez questão de explicar porque esse tipo de aplicativo, no fim, só reforça modelos de beleza e não contribui em nada com a autoestima:

“Você é o suficiente, você merece amor pelo corpo que tem, seja lá como for o seu corpo”, escreveu Tess.

An app that has nearly 50k downloads was dumb enough to steal photos of myself & two other plus size women & use them for this nonsense.🙄 I’m sharing this because I wanna address a few things. First of all, the fact that anyone thinks it’s ok to market this to ANYONE is appalling, but like, come on y’all 🤦🏻‍♀️ Secondly, why is @instagram not regulating the sponsored content like this? In a world of paid content, flat tummy teas, appetite suppressing lollipops (so many 🙄) its important for me to tell y’all that I have & will never partner with a brand or do paid content unless I genuinely use it or would recommend it to my best friend. I’ve been offered crazy amounts of money to sell y’all all kinds of things like teeth whitening (that doesn’t work), weight loss products (that are dangerous), etc., but that’s me- to each their own 💁🏻‍♀️ Lastly never let anyone make you feel like you need to alter your appearance or who you are. You are enough. You are worthy of love in your current body, whatever that body looks like. As for this bogus app, my lawyers will be sliding in your DM’s boo✌🏻#effyourbeautystandards

Uma publicação compartilhada por T E S S 🔥 (@tessholliday) em

 

Veja também
:: É diversidade que fala? Campanha de cuecas foge dos estereótipos de “machão” e “gostosão”
:: Por que Ashley Graham não considera “mulher real” um elogio

:: Gordas na telinha: Um Plus a Mais ganha programa semanal ao vivo
:: Por que, afinal, as pessoas estão tão preocupadas com os seios da Bruna Marquezine?
:: Beleza em dose dupla! Ashley Graham posa para campanha de biquíni ao lado da mãe
:: Barriga, celulite e estrias sem filtro: youtuber mostra seu corpo como é para inspirar outras mulheres

 

Plus a Mais também no Face!

O blog ganhou sua própria página no Facebook. Clica aqui para conhecer (e dar aquele like amigo! haha)

pluscardnovo